A literatura de narrativa fantástica é um dos gêneros mais importantes da atualidade. Milhões de pessoas do mundo todo admitem ser fãs de personagens como Harry Potter, Daenerys Targaryen ou o próprio Conan, o Bárbaro, demonstrando que os livros de fantasia formam um dos gêneros literários de maior apelo perante os leitores de qualquer idade.

Os livros de fantasia se caracterizam por uma série de traços que os diferenciam, por exemplo, da literatura de ficção científica ou de terror. Normalmente, esses enredos são ambientados em mundos imaginários povoados por personagens e seres míticos que frequentemente são embalados por algum ato heroico. Também se caracterizam por formar sagas, algumas que chegam a gerar dezenas de livros.

O mais importante

  • Os livros de fantasia ocupam há algumas décadas lugares privilegiados nas listas dos mais vendidos. São verdadeiros fenômenos editoriais que não parecem nunca perto do fim e que contemplam uma ampla gama de leitores de todo tipo de condição social e idade. A fantasia se subdivide em vários subgêneros, como a fantasia obscura, a épica ou a ficção científica fantástica.
  • A novela fantástica se converteu em um grande poço de desejos para os roteiristas de cinema e televisão, com fenômenos como Game of Thrones, Harry Potter e o Senhor do Anéis. Por outro lado, apesar de toda uma cultura de histórias folclóricas que viraram pequenos livros ou quadrinhos, a produção brasileira de televisão e cinema nunca chegou a investir pesado nesse tipo de programação.
  • Não importa se você é um leitor veterano ou mesmo um recém-chegado na leitura desse gênero, nunca é demais seguir uma série de recomendações antes de escolher seus próximos livros de fantasia. Confiar nas opiniões de outros leitores, ler também os grandes clássicos ou saber identificar o subgênero a qual pertence a obra, são conselhos que devem ser seguidos antes de você embarcar em uma próxima leitura.

Ranking: Os livros de fantasia mais vendidos de 2019

As primeiras novelas fantásticas remetem ao final do século XVIII e princípios do XIX. Obras como O Castelo de Otranto, de Horace Walpole, e Frankestein, de Mary Shelley, foram as primeiras obras a serem criadas sob o conceito desse gênero literário.

No Ranking a seguir são oferecidos os livros mais vendidos desse gênero, desde obras mais recentes até algumas clássicas.

1º – Box Harry Potter

A saga do bruxo mais querido do mundo é um verdadeiro divisor de águas na literatura dos livros de fantasia e também do cinema de aventura. O gigantesco sucesso atingido pelos livros escritos por J. K. Rowling, conduziram a história para as salas de cinema e foram vistos por milhões de fãs ao longo de mais de uma década de produções cinematográficas.

Esse box é para quem é fã de Harry Potter e seus fiéis amigos, Rony e Hermione, ou também para aqueles que desejam enveredar pela literatura fantástica e querem acompanhar uma ótima saga do início ao fim.

2º – O Senhor dos Anéis Volume Único

O começo do século XXI foi chacoalhado pela grande produção do primeiro filme da saga O Senhor dos Anéis. Inspirado no mundo fantástico criado por J. R. R. Tolkien, um dos maiores nomes dos livros de fantasia da história, o filme arrebatou milhões de fãs em suas quase 3 horas de duração e abriu caminho para o enorme sucesso que seguiria a trilogia.

Nessa ótima edição você terá a oportunidade de ler tudo, nos mínimos detalhes, sem nem precisar trocar de livro, pois, esse volume único é capaz de lhe conduzir nessa intrigante história sem ser cansativo.

3º – As Crônicas de Gelo e Fogo Box 5 Volumes

Essa saga escrita por George R. R. Martin é talvez o maior sucesso dos livros de fantasia dessa segunda década do século XXI. As Crônicas de Gelo e Fogo foi a literatura responsável a embasar a série e mega produção, Game of Thrones, certamente um dos maiores acontecimentos do mundo do entretenimento nos últimos anos.

Esse maravilhoso box contém os cinco primeiros volumes da fantástica história de Martin e com ele você será capaz de enveredar pelos mínimos detalhes dos sete reinos.

4º – Os 77 Melhores Contos De Grimm

Se existem autores que devem ser reverenciados para toda a eternidade como precursores dos livros de fantasia no mundo, esses são os Irmãos Grimm. Jacob e Wilhelm eram dois escritores alemães que foram capazes de criar as histórias fantásticas mais veneradas e recontadas do mundo inteiro.

Afinal, quem não conhece a história da Chapeuzinho Vermelho, da Rapunzel ou da Cinderela (e muito mais)? Pois, se você é uma daquelas pessoas apaixonadas por essas histórias e adoraria relê-las ou mesmo mostrá-las para uma criança que ama, esse box com 77 contos especiais dos autores é um verdadeiro baú do tesouro.

5º – Ana Lúcia Merege Os Contos de Fadas

Ana Lúcia Merege é um dos maiores expoentes do mercado dos livros de fantasia do Brasil e possui em seu currículo títulos de muito sucesso e que já foram traduzidos para outras línguas. Além disso, a escritora é uma das vozes mais ativas na conquista de novos leitores para o gênero da literatura fantástica dentro do país.

Também ensaísta, Ana Lucia escreveu esse livro onde descreve mais detalhadamente os contos de fadas, sua importância para o imaginário e o folclore das sociedades e a riqueza de sua leitura na formação dos indivíduos. Portanto, se você tem o interesse de entender mais as camadas desse gênero e não só ler alguma história, esse livro é muito interessante!

Guia de Compras: O que você deve saber sobre os livros de fantasia

Você pensava que já sabia de tudo sobre os livros de fantasia? Acreditava que o gênero se limitava apenas a Harry Potter, Game of Thrones ou as obras de Tolkien? Saiba que a narrativa fantástica está em melhor saúde do que nunca, e que não raro algum livro desse gênero se encontra nas listas de livros mais vendidos do mercado.

A seguir, serão apresentadas mais algumas características desse fascinante gênero.

Imagem de homem em biblioteca.

A explosão do gênero fantástico começou no final da década de 70 do século passado e, hoje em dia, ainda não parece dar sinais de esgotamento. (Fonte: lassedesignen: 77039718 / 123rf.com)

Quais são as características dos livros de fantasia?

A narrativa fantástica é toda aquela que é capaz de incorporar elementos de fora da realidade, buscando estimular a imaginação do leitor. O que a diferencia principalmente da ficção científica é que os acontecimentos mais espetaculares que ocorrem nesse tipo de história são causados pelo sobrenatural, não explicáveis pelas leis físicas que governam a realidade.

O gênero fantástico tem sua origem nas lendas mitológicas da antiguidade. A aparição de personagens imaginários, inspirados no folclore tradicional, nas novelas fantásticas é mais um traço que define o gênero. Deuses, semideuses, heróis, cavaleiros e seres mágicos de todo tipo são habituais em qualquer relato fabuloso.

Imagem de personagens de fantasia.

Os temas abordados nos livros de fantasia são amplos e muito variados. (Fonte: Yulia Grogoryeva: 25528347 / 123rf.com)

Os teóricos da literatura dividem o gênero fantástico em quatro subgêneros. As histórias onde prevalece o estranhamento total, a explicação dos atos estranhos devem ser descobertas pelo próprio leitor. Já no fantástico estranho é o contrário, o mistério é explicado pelo próprio autor.

As obras do fantástico maravilhoso são aquelas onde o irracional fica sem explicação, mas são oferecidos certos indícios que auxiliam em um esclarecimento racional. Já nas obras do maravilhoso puro, que são as mais comuns, o estranho e o surreal são sentidos como algo normal pelos personagens, mas não pelo leitor.

Quantos subgêneros existem na narrativa dos livros de fantasia?

O subgênero fantástico por antonomásia é conhecido como alta fantasia. Suas histórias são protagonizadas por heróis corajosos que enfrentam os “seres da escuridão” em detalhados mundos inspirados normalmente na época medieval. Na baixa fantasia, por outro lado, não existem mal e bem absolutos, com alguns anti-heróis sendo usados como protagonistas.

Nos livros de fantasia heroica a magia e a espada são elementos centrais. Seu protagonista geralmente é um herói bárbaro e que enfrenta sozinho todos seus inimigos. Habitualmente sua jornada é acompanhada por uma bela mulher que usa muito bem a espada ou algum mago. O melhor exemplo é Conan, o Bárbaro, criado em 1932 pelo escritor dos Estados Unidos, Robert E. Howard.

Imagem de livro aberto simulando uma cachoeira.

A literatura fantástica é um gênero muito amplo, pensado para leitores de diferentes gostos e interesses. (Fonte: saittoksoz: 3261325 / Pixabay)

Nas histórias de fantasia obscura, os protagonistas geralmente são abordados por seres demoníacos. São histórias onde prevalecem o horror sobre o épico, com poucas concessões aos finais felizes.

Na ficção científica fantástica, por outro lado, o sobrenatural convive com os avanços tecnológicos, embora sejam basicamente narrações puramente fantásticas.

Os autores de fantasia histórica tomam como ponto de partida um determinado período ou uma civilização da realidade, adicionando elementos extraordinários.

O realismo mágico também escolhe como cenário o mundo real, assim como personagens normais como protagonistas. Entretanto, são introduzidos certos elementos irreais que perturbam a ordem natural dos acontecimentos.

Quais são os livros de fantasia épica que você deve ler?

A fantasia épica, ou alta fantasia, é o subgênero mais característico da narrativa fantástica e o que possui o maior número de leitores fiéis. São histórias que acontecem em mundos muito detalhados, povoados por magos, cavaleiros e incontáveis raças diferentes, como elfos, orcs, gigantes, entre outros. Como pano de fundo, logicamente, o eterno embate entre o bem e o mal.

Uma das sagas de fantasia épica mais imprescindíveis é Terramar, de Úrsula K. LeGuin, composta por cinco livros e três contos. Nessa obra, a autora constrói um mundo quase real, com personagens de grande profundidade e que possuem uma forte densidade psicológica. Escrita nos anos sessenta do século anterior, Terramar segue sendo uma das sagas fantásticas mais apreciadas pelo público mundial.

O Hobbit, de J. R. R. Tolkien, é outra obra de alta fantasia que todo apaixonado pelo gênero deve ler. O texto mostra como nenhum outro conseguiu, a jornada do herói, ampliando ainda mais o rico universo da idade média, na saga do Senhor dos Anéis. É difícil acreditar que essa história, escrita por Tolkien, para divertir seus filhos, tenha se convertido em um verdadeiro clássico da literatura.

A trilogia Lyonesse, de Jack Vance, é composta pelas novelas O Jardim de Suldrun, A Pérola Verde e Madouc, e é considerado um dos livros de fantasia épica mais puros. Ambientada em uma mística ilha do sul da Inglaterra, a história possui todos os elementos que caracterizam o subgênero: feiticeiros, reis, princesas, fadas e, obviamente, o mal em estado puro.

Quais são os livros de fantasia mais adequados para os leitores jovens?

Apesar de que no início a fantasia tenha sido um gênero destinado para o público jovem, atualmente foi ampliada sua gama de idade para abranger os leitores de 0 a 99 anos. Entretanto, existem certas obras, como a saga Harry Potter ou o próprio O Senhor dos Anéis, especialmente feitas para os agora conhecidos como adultos jovens.

Uma das sagas de fantasia juvenil mais popular é a de Percy Jackson, de Rick Riordan. Levada para o cinema por diversas vezes, a série principal é composta por cinco novelas, embora existam vários livros complementares a saga também protagonizados pelo mesmo personagem. Magia, deuses gregos e seres mitológicos são os principais personagens dessas apaixonantes histórias.

Imagem de vale escuro.

Se você é um leitor veterano, é bem provável que já não se assuste mais em encarar os volumes de 800, 900 ou até mesmo 1200 páginas. (Fonte: kellepics: 2750995 / Pixabay)

As Crônicas de Nárnia foram escritas pelo escritor britânico C. S. Lewis, um professor da Universidade de Oxford. Isso explica o motivo dos sete livros de fantasia que compõem a saga figurarem entre as obras fantásticas mais lindamente escritas.

Cada um é protagonizado por um personagem diferente, sete grupos de crianças que possuem um papel crucial na história do reino de Nárnia.

Não se pode esquecer de citar A História Sem Fim, do escritor alemão Michael Ende. Traduzida a 36 idiomas e levada para o cinema em três oportunidades, a novela de Ende é, talvez, a que melhor transmite para os jovens a magia da leitura. Por ser um livro dentro do livro, consegue encorajar várias interpretações diferentes, estimulando ainda mais a imaginação do leitor adolescente.

Quais são as séries de televisão baseadas em livros de fantasia?

Os livros de fantasia são uma fonte inesgotável para os roteiristas de cinema e televisão. O exemplo mais popular é a série Game of Thrones, baseada na saga literária Crônicas de Gelo e Fogo, de George R. R. Martin. Entretanto, existem várias séries de televisão que adaptam novelas e sagas fantásticas que pode ser que você ainda não conheça.

Inspirada nas novelas de Diana Gabaldón, Outlander é uma série de fantasia, romance e viagens no tempo, transmitida pelo canal a cabo dos Estados Unidos, Starz. Nessa saga acompanha-se a protagonista Claire Randall, uma enfermeira inglesa que viaja no tempo, desde o ano 1945 até a Escócia do século XVIII, iniciando um tórrido romance com um guerreiro das Terras Altas.

Terry Pratchett

“As histórias de imaginação geralmente incomodam aquelas pessoas que não as tem.”

As Crônicas de Shannara é uma série de televisão baseada em uma saga literária escrita por Terry Brooks e é formada por mais de 20 livros e vários contos. A obra de Brooks é ambientada em um mundo pós-apocalíptico onde a magia e as criaturas fantásticas coexistem com a quase já esquecida tecnologia do mundo antigo.

A série de televisão Shadowhunters é baseada na saga literária Caçadores de Sombras, da escritora dos Estados Unidos, Cassandra Clare. Formada por uma dúzia de novelas e vários volumes de relatos que ampliam mais ainda esse universo, a história se passa em um mundo alternativo muito parecido com o real, mas onde contos de fadas e mitologia são uma realidade.

Quais são os autores brasileiros de livros de fantasia?

A narrativa fantástica conta com alguns poucos, porém, crescente número de autores brasileiros que desenvolvem um trabalho de qualidade nesse gênero. Um deles é André Vianco, um nome antigo na cena da literatura de terror e fantasia, o paulista é um expoente da cena e já vendeu mais de um milhão de livros.

Além dele, Eduardo Spohr é um outro autor bastante aclamado dentro da literatura de fantasia brasileira. Responsável pela trilogia Filhos do Éden, é comercializado em países europeus, como Portugal, Holanda e Alemanha.

Cecília Reis é da nova geração de autores e vem se destacando muito com seus livros de fantasia. Seu primeiro livro, Cavaleiros do Inverno, foi lançado na internet e depois de muito sucesso acabou sendo também publicado pela editora Wish.

Montanha com árvore seca e nuvens escuras.

A enorme quantidade de lançamentos faz com que algumas obras clássicas caiam aos poucos no esquecimento, perdendo espaço para as novidades. (Fonte: jplenio: 4306636 / 123rf.com)

Ana Lúcia Merege é uma das autoras mais resistentes e experientes da área de livros de fantasia brasileiros. Ela já publicou em várias editoras e os livros Pão e Arte, O Caçador, O Jogo do Equilíbrio e Os Contos de Fadas são alguns de seus aclamados títulos.

Quais são os melhores livros de fantasia heroica?

Uma das sagas de fantasia heroica mais célebre é a do Conan, O Bárbaro. Criado em 1932 pelo escritor Robert E. Howard, o guerreiro cimério (Ciméria é um local fictício criado pelo autor) protagonizou 21 histórias. Sua popularidade, entretanto, fez com que o personagem tenha sido usado até mesmo por outros escritores que criaram suas histórias após a morte prematura do autor, contando com centenas de publicações até os dias de hoje.

Fafhrd e o urubu cinzento são os protagonistas de uma série de novelas do autor dos Estados Unidos, Fritz Leiber. Publicadas entre 1970 e 1988, a intenção de Leiber era criar alguns heróis similares a Conan, mas um pouco mais realistas. Um personagem muito parecido é Elric de Melniboné, protagonista de uma saga de oito novelas escritas pelo britânico Michael Moorcock.

Critérios de Compra

Como você já deve ter percebido, a literatura de livros de fantasia é um gênero muito amplo, pensado para leitores com gostos e interesses diferentes. Tal abundância de títulos e subgêneros complica um pouco o trabalho de escolher um livro que satisfaça.

Para te ajudar, serão mostrados alguns critérios que devem ser seguidos na hora da compra de sua próxima obra de fantasia.

  • Extensão do livro
  • Tipo de subgênero fantástico da obra
  • Clássicos
  • Se virou série ou filme
  • Recomendações

Extensão do livro

Se você é um leitor veterano, é bem provável que já não se assuste mais em encarar os volumes de 800, 900 ou até mesmo 1.200 páginas. Muitos dos livros de fantasia se caracterizam por seus grandes volumes de páginas, o que pode assustar um pouco a alguns leitores.

Entretanto, existem títulos menores e que giram em torno de 400 páginas ou um pouco mais. Portanto, uma ótima pedida para os iniciantes no gênero.

Tipo de subgênero fantástico da obra

Como já foi explicado mais acima, a fantasia se divide em vários subgêneros. Logicamente, você se sentirá mais a vontade ao ler um determinado tipo de fantasia, normalmente aquela mais relacionada com seus gostos literários, em geral.

Por exemplo, se você adora o terror, escolha um livro de fantasia obscura; se gosta de ficção científica, escolha um de ficção científica fantástica.

George R. R. MartinEscritor e roteirista dos Estados Unidos

“Nas lendas, o herói sempre resgata a donzela do castelo do dragão. Mas, a vida não é uma lenda.”

Clássicos

A explosão do gênero fantástico começou no final da década de setenta do século passado e, hoje em dia, ainda não parece dar sinais de esgotamento. A enorme quantidade de lançamentos faz com que algumas obras clássicas caiam, aos poucos, no esquecimento, perdendo espaço para as novidades.

Tente ler um clássico a cada leitura de um ou dois livros mais recentes, são igualmente divertidos e ainda enriquecerão sua cultura literária.

Se virou série ou livro

Se você também ama o cinema ou as séries baseadas em livros de fantasia e, além disso, adora ler, você tem muita sorte. Não fique apenas em Game of Thrones, existem muitas outras obras que também já foram adaptadas para o cinema e para a televisão que podem oferecer incontáveis horas de grata leitura.

Você gosta de séries como The magicians, American Gods ou True Blood? Todas são baseadas em livros, as descubra e divirta-se!

Recomendações

Os livros de fantasia possuem uma das comunidades mais ativas de leitores. Redes sociais, blogs, fóruns e sites especializados são alguns dos lugares onde os fãs apaixonados da literatura fantástica compartilham suas experiências e gostos.

Dê uma volta por alguns desses fóruns antes de começar a ler um dos muitos livros de fantasia, absorva as opiniões de outros leitores e faça sua escolha.

Resumo

Esse artigo buscou lhe aproximar um pouco mais desse gênero tão apaixonante como o de livros de fantasia. Enraizados nos mitos e lendas da antiguidade, a narrativa fantástica atual foi se diversificando para chegar a uma ampla variedade de leitores. A fantasia foi se evoluindo e ramificando em vários subgêneros, alguns que foram até mesmo mostrados ao longo do texto.

Também foi tentado passar a você um pouco mais do mundo dos livros de fantasia através de certas questões que talvez já tivesse cruzado seu pensamento anteriormente. Os melhores livros de fantasia épica ou heroica, as adaptações para televisão ou alguns dos autores brasileiros mais populares, são alguns exemplos das perguntas que se buscou responder.

Esperamos que esse artigo sobre os livros de fantasia tenha sido interessante para você. Se gostou, compartilhe em suas redes sociais. Se, além disso, também deseja deixar sua opinião ou alguma recomendação literária, por favor, comente conosco.

(Fonte da imagem destacada: Ponchaisang: 38473220 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
37 Voto(s), Média: 4,00 de 5
Loading...